Champanhe, Cava, Crémant,Espumante, Franciacorta ou Prosecco?

Nós fizemos uma avaliação dos vinhos espumantes disponíveis no mercado para te dar uma ajudinha na hora da compra.

Agora, chegou o momento de conversarmos sobre como distinguir as diferenças entre eles.

champanhe1

Fique sabendo que é muito comum fazer uma enorme confusão com todos esses nomes. Houve uma época em que qualquer vinho com bolinhas era chamado de champanhe, depois veio a moda do Prosecco, e novamente tudo que tinha bolinhas virou Prosecco.

Para não errar mais, veja algumas dicas:

  • o nome genérico  é espumante.
  • apesar das bolinhas festivas é um vinho, por isso nos referimos a ele no masculino: o champanhe, o cava, o crémant, etc.
  • existem 2 métodos de produção, o tradicional e o charmat.

Método tradicional é característico do famoso vinho da região francesa de Champagne, e de outras partes do mundo que desejam fazer vinhos espumantes mais encorpados e que podem envelhecer. Suas notas frutadas maçã verde, limão e pessego se misturam ás de nozes, pão tostado, avelã e manteiga caramelada. Neste método os vinhos passam por uma segunda fermentação na garrafa.

vcm_s_kf_repr_832x624

Método Charmat geralmente é utilizado quando se busca um vinho mais leve e fresco, seus aromas são mais frutados e cítricos e devem ser consumidos ainda jovens. A segunda fermentação é feita em tanques de aço inoxidável e são engarrafados sob pressão.

CHARMAT

Para saber qual o método usado procure a informação no rótulo.

Uvas:

A Chardonnay,  branca , e as tintas ( utilizadas sem casca para não tingir o vinho) Pinot Noir e Pinot Meunier, são as uvas utilizadas para fazer o champanhe e por isso, esta fórmula é muito copiada ao redor do mundo por produtores que querem fazer vinhos espumantes parecidos com ele.

Macabeo, Parellada e Xarel-lo são as uvas utlizadas pelos espanhóis para a produção do Cava.

Regiões:

Para facilitar as coisas, você pode escolher os espumantes pela região produtora.

França: ela produz o vinho espumante mais famoso do mundo, o Champagne, feito na região de mesmo nome e também o Crémant de Bourgogne (mesmo método do champanhe, mas feito na região da Borgonha).

CHAMPAGNE1

Brasil: nossos vinhos espumantes estão muito bem cotados e competem com os europeus. Algumas regiões merecem destaque como a indicação geográfica de Pinto Bandeira, além das outras como Garibaldi, Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Farroupilha, Campanha Gaúcha e Santa Catarina.

BENTO_~1

Itália: produz na Lombardia os Franciacorta, que são os vinhos mais prestigiados depois do champanhe e seguem esse mesmo estilo. Em Asti, produzem o Asti Spumante, um vinho espumante doce e com teor alcóolico mais baixo, e finalmente em Conegliano e Valdobbiadene os famosos Prosecco, feitos com a uva de mesmo nome.

vigneto-con-Santissima-di-Gussago

Espanha: aqui são feitos os Cavas, a região mais famosa é a Catalunha, mas outras partes do país também fazem bons cavas.

DCF 1.0

Agora escolha o seu!

Cheers.

Por Daniella Romano

Eu sou 1 dos 7.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s